Encontrar uma forma de temperar verdadeiramente vidro extremamente fino tem sido um desafio para o setor de processamento de vidro. As soluções têm apresentado um alto custo ou os produtos finais de vidro apresentavam uma qualidade inferior. Agora, desenvolvemos uma forma de controlar a tecnologia de flutuação de ar para temperar vidros de até 2 mm, para que seja usada como uma opção economicamente viável e durável para uma ampla gama de aplicações sensíveis ao peso.

Painéis solares incentivam o desenvolvimento de vidro fino temperado

Um dos fatores de influência mais urgentes para encarar o desafio de temperar vidros finos tem sido o crescimento exponencial da indústria solar global e a necessidade de painéis solares resistentes e leves a um custo razoável.

A nova tecnologia de flutuação de ar não só fornece uma solução para superar as limitações técnicas, de custo e de consumo de energia inerentes às tecnologias de tratamento térmico convencionais, como também fornece um excelente produto final para diversas aplicações onde o peso e custos são um problema.

O GlastonAir é o resultado frutífero deste desenvolvimento. A exclusiva tecnologia de flutuação por ar permite uma temperatura de saída mais alta, e com isso, permite temperar vidros finos de até 2 mm. O aquecimento da parte inferior estável garante uma qualidade de produto final excelente e consistente.

Convidamos você a saber mais na China Glass 2013, em Pequim, China, no GPD Finlândia 2013, em Tampere, na Finlândia, e na MirStekla em Moscou, Rússia.

GlastonAir