“Nossa definição de vidro mudou ao longo dos anos: de um material sólido, simples e transparente para um produto inteligente de alto desempenho”, disse Mohamed Ezz El-Din, gerente do departamento técnico da DG Glass. “Por isso também tivemos que mudar. Atualmente, estamos investindo em novas tecnologias como o forno de têmpera e curvatura HTC da Glaston para mudar a definição do vidro automotivo que estamos trazendo ao mercado”.

Dr. A Greiche Glass (DG Glass) começou como uma empresa estabelecida na fabricação de vidros automotivos em 1985 e atualmente possui seis unidades de produção de alta qualidade com mais de 1.600 funcionários.

Com sede na cidade do décimo Ramadã, próximo de Cairo, a DG Glass é a principal processadora de vidros do Oriente Médio e da África, além de ser a maior fornecedora de vidros para todos os fabricantes de automóveis no Egito.

No final de 2016, a DG Glass encomendou o novo forno de têmpera e curvatura HTBS da Glaston para ajudar a empresa a aumentar sua capacidade de produção de produtos de vidro e atender os fabricantes de automóveis de passageiros e ônibus.

O relacionamento da empresa com a Glaston começou em 1992, quando a primeira linha de têmpera e curvatura para painéis de vidro laterias foi adquirida. A DG Glass possui vários fornos da Glaston. Um dos investimentos anteriores incluía o Glaston Matrix, um forno de curvatura de para-brisas encomendado em 2016, juntamente com o novo HTBS.

Euroview FC500_iLooK

Leia mais sobre o projeto